Jeans: História

8 de abril de 2010 at 17:27 2 comentários


Em abril do ano passado, quando eu ainda trabalhava na Dimato’s, fiz uns painéis sobre a história e curiosidades do Jeans (para o stand da marca no Donna Fashion Iguatemi).

O material é bem legal, por isso resolvi compartilhar aqui.

Surgimento:


A saga da calça jeans começou no século XIX, por volta de 1850, quando o alemão Levi Strauss chegou aos Estados Unidos vendendo utensílios para os mineiradores em plena corrida pelo ouro no oeste do país.

Observando a necessidade de vestimentas de trabalho mais funcionais e resistentes, ele passou a confeccionar calças de lona, que logo fizeram sucesso entre os trabalhadores.

Na década de 1860, o alfaiate Jacob Davis associou-se a Levi para patentear um modelo de calça com rebites de cobre nos pontos de maior tensão, a fim de reforçar os bolsos que se rasgavam facilmente.

O número 501 marcava o lote de tecido das primeiras calças jeans de que o mundo teve notícia. Esse modelo foi chamado de Levi’s 501.

O jeans começa sua trajetória como uniforme de trabalho e logo Strauss ganha um forte concorrente: Henry David Lee.

Os vaqueiros aderiram às roupas dos garimpeiros, pois o tecido resistente era ideal para passar horas cavalgando. Em 1926, a Levi’s lança uma calça própria para eles – cowboys overalls – com as pernas mais arqueadas. Em seguida elas apareceram no cinema, em figurinos de filmes de faroeste.

O jeans também simbolizou a juventude dos anos 50 que se inspirava em ídolos como James Dean e Marlon Brando – “rebeldes sem causa”.

Ele foi usado tanto pelos Hell’s Angel’s com suas motos poderosas – vestindo com camisetas e jaquetas de couro – como também no ritmo frenético do rock, ao som de Elvis Presley.

Modelos como Marilyn Monroe e Jayne Mansfild usavam jeans apertado para mostar que a peça também podia ser sexy.

Mais tarde, os integrantes do movimento hippie adotaram o jeans em festivais como Woodstock e Monteray.


No Brasil, ele invade o “Tropicalismo” combinado com as flores e estampas psicolécas dos “Novos Baianos” (Caetano Veloso, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Gal Costa).

Calvin Klein foi o primeiro estilista a colocar o jeans na passarela, na década de 70, causando indignação aos mais conservadores.

A partir daí várias tribos vestiram, e vestem, o jeans: foram os Beatniks, os Roqueiros, os Hippies, os Punks, os Góticos, os Yuppies, os Grunges, os Rappers, os Skinhweads, os Funkies, as Patricinhas e Mauricinhos, os Clubbers, os Surfistas, os Pagodeiros, os New Hippies, os Emos…

Ele é o uniforme social da humanidade.

“Jeans não é apenas um tecido. É um estilo de se vestir”.

* Pesquisa e imagens retiradas do livro
Vintage Denin – by David Little and Larry Bond – Editora Gibbs Smith, 1996.
Anúncios

Entry filed under: moda. Tags: , , , , , .

Feliz Páscoa! Fake Mirrors

2 Comentários Add your own

  • 1. Kellen Turci  |  9 de abril de 2010 às 10:37

    Parabéns pelo ótimo post. Muito bom saber mais sobre a peça mais democrática do nosso guarda-roupa. Adorei saber que a 501 foi o primeiro jeans criado.
    Ótimo conteudo e abordagem. Continue assim!!!
    Beijos e bom fim de semana

    Responder
  • 2. Priscila  |  10 de abril de 2010 às 17:47

    Amo saber sobre a história da moda, muito bom esse post ^^!!!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed



%d blogueiros gostam disto: